Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Justiça manda Cedae reduzir a conta em 25%

Compartilhe:
Fachada do edifício-sede da Cedae

A Justiça do Rio determinou nesta terça-feira (10) que a Cedae reduza imediatamente a conta dos consumidores em 25% devido à distribuição de água com gosto, cheiro e cor alterados, durante vários dias em janeiro e fevereiro.

Antes da ação movida pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública, várias tentativas de acordo fracassaram.

De acordo com a decisão da juíza Maria Christina Berardo Rucker, da 2ª Vara Empresarial do TJ, a redução no fornecimento de água foi estipulada em 50%. Mas, como não haverá redução na cobrança do serviço de esgoto, ficou estabelecida redução de 25% no valor total da conta.

A magistrada determina que o desconto seja dado “até a comprovação de regularização do fornecimento de água sem odor, cheiro ou turbidez inadequados, com o devido fornecimento de água adequada e própria para o consumo, limpa, inodora e incolor, na forma das normas regulamentares e legais”.

A multa diária é de R$ 1 milhão caso a Cedae não acate a decisão.

Desde o começo de janeiro, moradores do Rio de Janeiro e de municípios da Baixada Fluminense começaram a reclamar do cheiro e gosto da água que chega às torneiras.

Deixe seu comentário: